Blog

A valorização dos seminovos: variação de preços acima da inflação na revenda de carros usados

Compartilhar post:
Aumento de revenda de carros usados

O cenário atual, provocado pela pandemia do novo coronavírus, fez o mercado automotivo sentir diversas mudanças. Falta de materiais para manter a produção e fechamento de fábricas, por exemplo, foram algumas situações que as montadoras tiveram que lidar. Entretanto, a revenda de carros usados se manteve bem e foi valorizada.

Essa situação, inclusive, fez com que vários carros usados ficassem mais caros que os automóveis novos, superando a inflação. Isso é uma oportunidade para as concessionárias e revendedoras ficarem de olho. 

Afinal, entender que seu produto está valorizado requer atenção a alguns detalhes importantes na hora de fazer a venda. Assim, você oferece o melhor produto para o seu cliente, com segurança e garantia de qualidade.

Para entender melhor sobre a valorização da revenda de carros usados, continue a leitura.

Valorização de usados superior a 24% 

A pandemia trouxe vários desafios para as montadoras. A falta de peças importantes para continuar a produção de veículos fez com que os carros novos tivessem uma alta nos preços, além de forçar uma paralisação da produção em muitas fábricas.

Essa junção de fatores contribuiu para que os valores dos carros usados disparassem. De acordo com a tabela Fipe, de fevereiro de 2020 até julho de 2021, os usados tiveram um crescimento de mais de 24% em seus preços, enquanto os carros novos valorizaram cerca de 20%.

Quando a análise é mais localizada, é possível encontrar valores ainda maiores. De janeiro a julho deste ano, por exemplo, alguns automóveis seminovos chegaram a ter um aumento de até 29,98% no Ceará.

Essa supervalorização é tão evidente que há casos de conseguir fazer a revenda de carros usados por um preço superior ao que ele foi comprado na concessionária, quando era zero quilômetro.

Maior procura por seminovos e usados

Além da valorização dos preços, a procura por carros seminovos também aumentou, o que proporcionou um movimento maior nas revendas de carros usados. E grande parte desse aumento de interesse por seminovos e usados é resultado da falta de veículos zero quilômetro disponíveis no mercado, aliada à necessidade de locomoção com segurança e devido distanciamento diante do cenário de pandemia. 

Com isso, as revendedoras de seminovos e usados acumulam quase 50% a mais de vendas do que em 2020.

Aproveitar esse momento de valorização é fundamental para os proprietários de concessionárias/revendedoras de seminovos e usados. Como o principal motivo desse aumento nos valores é a paralisação das fábricas, quando a produção voltar a um ritmo normal, a tendência é que os preços caiam novamente. Por isso, não deixe de investir em boas estratégias de divulgação de seus produtos, além de oferecer formas de pagamento facilitadas para os seus clientes.

Tags

seguro de carro seguro auto seguro de carro financiado laudo cautelar seguro de automóvel e-commerce automotivo financiamento de carro financiar carro usado revenda de carros usados consórcio de carro avaliação de pintura de carro caneta de avaliação de pintura avaliação de pintura soft decisão certa solução de gestão de seminovos gestão de veículos revenda mais carros software de gestão de carros seminovos vistoria autônoma vistoria cautelar gestão de entrada auto vistoria compra e venda de seminovos histórico do veiculo vistoria vistoria veicular consulta de seminovos seminovos gestão de seminovos solução para seminovos ferramentas inteligentes auxilio de ferramentas processos para concessionária perda de vendas consulta veicular bom negócio metas de vendas vendas de carro gestão de vendas revendedora automotiva revendedora de carros concessionária carros automóveis gestão gestão de concessionárias

O uso deste site está sujeito aos termos e condições dos Políticas de Cookies e Política de Privacidade.
Copyright © 2021 | Union Solutions | Desenvolvido por Liga Studio